Nova Bandeirantes - MT

01/01/2017

Como a maioria das cidades mato-grossenses, Nova Bandeirantes foi fruto de um projeto de colonização. No dia 11 de agosto de 1982, nascia Nova Bandeirantes, quando foi dado início a construção do escritório da COBAN – Colonizadora Bandeirantes Ltda. Neste mesmo ano foram assentados os primeiros colonos e os comerciantes abriram suas portas.
Com o Projeto de Colonização particular aprovado pela portaria do  INCRA nº 14 de 18 de Agosto de 1983 pelo diretor de Departamento de Projetos e Operações, conforme consta no processo do INCRA/BR Nº 3.422/83.

A colonização de Nova Bandeirantes deu-se a partir da década de oitenta. Ocasião em que foram feitos os primeiros levantamentos topográficos a mando da Colonizadora Bandeirantes, que iniciou a abertura da MT-208, em trecho compreendido entre a localidade de Trivelato e a futura cidade de Nova Bandeirantes.

A Colonizadora Bandeirantes surgiu de uma iniciativa de empresários paranaenses. O dono da companhia, Daniel Meneghel, além de colonizador é diretor da Usina Bandeirantes, na cidade de Bandeirantes, norte do Paraná.

Seguindo a vocação de desbravador de novas fronteiras, Daniel Meneghel implantou e desenvolveu na região o Projeto de Colonização Nova Bandeirantes. Meneghel mandou fazer, às suas expensas, estradas e pontes, além de outras providências necessárias à consolidação do projeto.

A denominação Nova Bandeirantes foi homenagem à cidade de Bandeirantes-PR, especialmente pela origem do fundador do lugar - Daniel Meneghel - que apesar de ser paulista de nascimento, tem suas raízes históricas e familiares fincadas naquela cidade do Paraná. Registra-se o nome de Walter de Oliveira, nascido em Bandeirantes, no Paraná, como um batalhador incansável para o sucesso do empreendimento colonizador ainda em sua fase embrionária, tendo acompanhado, inclusive, ao longo dos tempos o desenrolar dos fatos históricos, que fazem de Nova Bandeirantes um dos municípios em destaque no Estado de Mato Grosso.

O passo inicial para a criação do Distrito de Nova Bandeirantes foi dado no dia 13 de maio de 1985, quando a Câmara Municipal de Alta Floresta - MT (município mãe), reunida extraordinariamente em Nova Bandeirantes, aprovou o projeto de Lei que deu origem a criação dos Distritos de Nova Bandeirantes e Apiacás, durante a gestão do Prefeito Municipal de Alta Floresta, Sr. Edson Santos.
Nossa emancipação política e administrativa, foi através da Lei Nº 5.903 de 20 de Dezembro de 1991,  autoria dos Deputados JAIME VERISSIMO DE CAMPOS, áreas desmembradas de Alta Floresta e Juara.
Na  década de 90 nosso município foi titulado a capital do café,  devido a quantidade de produção de nossas lavouras.
Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Nova Bandeirantes, pela lei estadual nº 4983, de 30-04-1986, subordinado ao município de Alta Floresta.

Em divisão territorial datada de 1988, o distrito de Nova Bandeirantes figura no município de Alta Floresta.

Elevado à categoria de município com denominação de Nova Bandeirantes, pela lei estadual nº 5903, de 20-12-1991, desmembrado do município de Alta Floresta. Sede no atual distrito de Nova Bandeirantes (ex-localidade). Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1993.

Em divisão territorial datada de 1997, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

Fonte: Confederação Nacional de Municípios

Teve sua primeira eleição municipal em 1992, onde foi eleito o Prefeito Sebastião Moreira dos Santos, tendo como vice o Sr Anselmo Neiverth.